Fique Por
Dentro

Novidades do mercado de plásticos.

Plástico ecológico: a busca de um planeta mais sustentável
19 jul de 2019
voltar

O plástico vem se tornando cada dia mais um problema sério para o planeta. E cada vez mais se faz necessário encontrar soluções que melhorem essa situação.

Você sabe o que a maioria dos alimentos, objetos e bebidas de um supermercado têm em comum? Suas embalagens. Basicamente, quase todas elas são feitas de plástico. E se não for a embalagem, o produto em si é. Ou seja: o plástico rodeia tudo o que existe em nossa vida e é um item que, aparentemente, não vivemos sem. Mas não deveria ser dessa forma, certo?

Sabemos que, em muitos casos, seu uso é inevitável. Afinal, ele está presente em praticamente tudo o que consumimos. Entretanto, é necessário optar por ações conscientes que possam, de alguma forma, mudar o mundo. Sabe por quê? O plástico, se não descartado de maneira correta, pode trazer diversas consequências para o nosso planeta.

O ser humano, basicamente, se acostumou e virou dependente do plástico, mas não deveria. Para você ter uma ideia, praticamente todo o lixo que entope os oceanos, de 60% e 90%, é composto por plástico — sacolas, garrafas PET, canudos e tampinhas. Dados da ONU Meio Ambiente afirmam que, todos os anos, 8 milhões de toneladas de plástico vão parar nas águas. É muito plástico, né?

Isso basicamente ocorre pelo excesso de consumo do plástico e seu descarte incorreto, o que acaba afetando muito o nosso planeta e até mesmo os animais: mais de 90% das aves marinhas já ingeriram plástico de algum tipo. A projeção até 2050 é de que 99% das espécies de aves marinhas tenham plástico no estômago. Sem contar os peixes e todos os outros animais marinhos, além da própria poluição em nossa água.

Mudar faz a diferença

Tudo isso só nos mostra que o plástico vem se tornando um problema sério para o nosso planeta. Oceanos, meio ambiente, tudo está sendo poluído. Mas como evitar isso? A queima não é uma opção, uma vez que contribui para a emissão de gases do efeito estufa. E qual a opção? Pensando em todos os malefícios do plástico, a Biome Bioplásticos criou uma ótima alternativa: a marca, que já desenvolveu copos recicláveis usando materiais orgânicos como fécula de batata e amido de milho, criou agora um plástico feito de planta chamado bioplástico, que é biodegradável e pode ser jogado tanto em lixeiras de reciclagem de papel quanto em lixos orgânicos.

Esse bioplástico pela primeira vez está sendo aplicado em copos e embalagens descartáveis. Esses produtos ainda não estão no mercado, mas a empresa está em negociação com diferentes revendedores. Com o mesmo intuito, outras empresas já estão trabalhando no desenvolvimento de soluções sustentáveis e funcionais que podem transformar-se em mais soluções para o nosso planeta.

E logo essas ideias vão tomando forma para serem futuramente comercializadas. É uma ótima forma de conseguir mudar o planeta e torná-lo um lugar melhor para se viver, sem contar a preservação da nossa natureza, né? Ideias ecológicas e sustentáveis que podem mudar o mundo!

Para ficar por dentro de mais informações como essas, acompanhe nosso blog clicando aqui. Muitas novidades e notícias aguardam por você!